Você está aqui: Página Inicial / Economia / Analistas de mercado elevam projeções para inflação oficial este ano e 2013

Economia

Macroeconomia

Analistas de mercado elevam projeções para inflação oficial este ano e 2013

por Agência Brasil publicado 10/09/2012 10h13, última modificação 06/06/2015 18h28
A projeção de analistas de instituições financeiras consultados pelo Banco Central (BC) subiu pela nona semana seguida, ao passar de 5,2% para 5,24% em 2012

Kelly Oliveira
Repórter da Agência Brasil

A estimativa de inflação oficial, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), para este ano, continua a subir. A projeção de analistas de instituições financeiras consultados pelo Banco Central (BC) subiu pela nona semana seguida, ao passar de 5,2% para 5,24%. Para 2013, também houve alta, pela segunda semana seguida, de 5,51% para 5,54%.

O IPCA é o índice escolhido pelo governo para acompanhar a meta de inflação. Essa meta tem como centro 4,5% e margem de 2 pontos percentuais para mais ou para menos. Ou seja, as estimativas para o IPCA estão acima do centro da meta, mas abaixo do limite superior de 6,5%.

A meta de inflação é um alvo do Banco Central que usa, como um dos instrumentos para calibrar os preços e influenciar a atividade econômica, as alterações na taxa básica de juros, a Selic. A taxa vem sendo reduzida desde agosto de 2011 e está, atualmente, em 7,5% ao ano.

Para este ano, os analistas mantêm a projeção de mais um corte na taxa, de 0,25 ponto percentual, na reunião marcada para o próximo mês. Para a última reunião de 2012, em novembro, não há previsão de redução da Selic. Para 2013, a expectativa é que a taxa suba, mas os analistas reduziram a projeção para o final do período de 8,5% para 8,25% ao ano.

A pesquisa do BC também traz estimativa para o Índice de Preços ao Consumidor da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (IPC-Fipe), que passou de 4,38% para 4,31%, este ano, e permanece em 4,8%, em 2013.

A expectativa para o Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) subiu de 8,17% para 8,44%, este ano, e de 5,01% para 5,06%, em 2013. Para o Índice Geral de Preços de Mercado (IGP-M), a projeção subiu de 8,03% para 8,21%, em 2012. Para 2013, a projeção continua em 5%.

A estimativa dos analistas para os preços administrados foi mantida em 3,5%, neste ano, e em 4,3%, em 2013.

registrado em: