Você está aqui: Página Inicial / Destaques CartaCapital / Só tem tu? Vai tu mesmo

Destaques CartaCapital

Newsletter

Só tem tu? Vai tu mesmo

por Eduardo Graça — publicado 09/03/2012 12h29, última modificação 09/03/2012 12h29
Romney vence a Super-Terça, mas não convence os republicanos
Mitt Romney

A excursão do candidato republicano não foi suave; mas ofereceu aos americanos uma alternativa genuína Foto: Win McNamee/Getty Images/AFP

Quando Sandy Howard chegou ao centro esportivo de um bairro humilde da capital do Ohio para votar nas eleições primárias de um dos estados mais divididos do tabuleiro político norte-americano, a temperatura não passava de cinco graus e um vento frio embaralhava o cabelo da técnica de informática. A eleitora negra de 53 anos tirou seu Chevette azul da garagem mais cedo e desviou-se do caminho do trabalho – nos Estados Unidos, dia de eleição não é feriado – para votar em Barack Obama para presidente, candidato único na cédula democrata. “Não importa não haver competição. Meus pais lutaram muito pelo meu direito de votar. Todas as vezes que tenho a possibilidade de dar minha opinião, eu venho, faça chuva ou faça sol.”

O céu permanecerá azul na maior parte do dia em Ohio, o prêmio mais importante da Super-Terça, mas nem assim as zonas eleitorais terão fila como aquelas de 2008, em que candidatos da oposição democrata, especialmente Hillary Clinton, que venceria no estado, e Obama, que o ganharia nas eleições gerais, se engalfinhavam pelo direito de enterrar de vez a era Bush. “Este recinto fecha às 18 horas, mas a fila, às 18h30, há quatro anos, virava aquele quarteirão”, aponta para a direita, em direção ao fim do gramado que cerca a propriedade, a uma distância de quase um quilômetro, Rick Scott, 61 anos, desde 1976 voluntário na mesma seção eleitoral localizada em uma igreja protestante no afluente subúrbio de New Albany.

Na tarde em que a reportagem de CartaCapital passou pela seção que reúne pouco mais de 5 mil eleitores, os cookies, o café quentinho (à americana, bem aguado) e o bolo de milho deixados pelos fiéis mais atenciosos permaneciam quase intocados. Boa parte das Sandy Howards republicanas preferiu ficar em casa a ter de escolher um dos candidatos da vez: o ex-governador de Massachusetts Mitt Romney, que venceria com menos de 1% de vantagem sobre o ultraconservador ex-senador da Pensilvânia Rick Santorum. Mais atrás ficaram o ex-speaker da Casa dos Representantes (cargo equivalente ao de Presidente da Câmara dos Deputados no Brasil) Newt Gingrinch e o libertário Ron Paul.

*Leia matéria completa na Edição 688 de CartaCapital, já nas bancas

registrado em: