Você está aqui: Página Inicial / Cultura / Primeiro museu gay dos EUA será inaugurado amanhã em São Francisco

Cultura

História

Primeiro museu gay dos EUA será inaugurado amanhã em São Francisco

por Opera Mundi — publicado 13/01/2011 10h47, última modificação 13/01/2011 10h50
Ao lado do Museu Gay de Berlim, na Alemanha, o GLBT History Museum será o segundo museu do mundo a se dedicar a causa

A cidade de São Francisco, reconhecida mundialmente pela liberação homossexual, abrigará o primeiro museu gay dos Estados Unidos. O museu, que terá uma área de 150 metros quadrados, será inaugurado nesta quinta-feira (13/01), no bairro de Castro.
O objetivo, de acordo com o site norte-americano de notícias The Huffington Post, é contar a história da evolução da libertação da comunidade gay, bissexual e transexual. Além disso, o museu contará com exposições temporárias. Na quinta-feira, os visitantes já poderão visitar a exposição "Nosso extenso passado gay", que conta faz um retrospecto histórico da comunidade homossexual.
"Queimaram nossas cartas, anularam nossos nomes, censuraram nossos livros, declararam nosso amor como inqualificável", reza, impressa em uma das paredes do museu, uma frase tirada de um panfleto do projeto da história gay de San Francisco em 1979.
Ao lado do Museu Gay de Berlim, na Alemanha, o GLBT History Museum será o segundo museu do mundo a se dedicar a causa.
"Colocamos o melhor de nós para criar um museu rico, diversificado e surpreendente como a própria comunidade GLBT. Sejam gays, lésbicas, bissexuais, transexuais e heterossexuais, é certo que os visitantes vão se comover e aprender", disse em comunicado Paul Boneberg, diretor da Sociedade Histórica GLBT de San Francisco.
Para viabilizar a construção do museu, organizações GLTB se organizaram. Agora, a Sociedade Histórica e outras entidades contam com doações de voluntários para mantê-lo aberto.