Você está aqui: Página Inicial / Cultura / Presidente do Corinthians anuncia que vai abandonar o Clube dos 13

Cultura

Futebol

Presidente do Corinthians anuncia que vai abandonar o Clube dos 13

por Redação Carta Capital — publicado 22/02/2011 17h38, última modificação 22/02/2011 17h38
A manifestação do cartola acontece no dia em que a entidade formaliza o edital para a concorrência dos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro

A manifestação do cartola acontece no dia em que a entidade formaliza o edital para a concorrência dos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro

O presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, anunciou na tarde desta terça-feira 22, que o clube paulista pediu licenciamento do Clube dos 13 (C13). De acordo com ele, a tendência é que a agremiação abandone a entidade que representa os 20 maiores clubes brasileiros.

“Há muitas especulações dizendo que estou fechado com uma ou outra emissora de TV, mas não é nada disso” afirmou Sanchez. “Na verdade é que não concordo com muitas coisas que acontecem no Clube dos 13 há anos. A tendência é sair e nos próximos dias devo anunciar isso”, completou o presidente. O cartola revelou que irá conversar com os seus pares corinthianos sobre ao desligamento do clube e em dois dias divulgará a decisão final.

O anúncio do presidente corinthiano acontece no dia em que uma comissão, formada por representantes de Atlético-MG, Santos, Botafogo e Santos, está reunida na sede do C13 em São Paulo para formatar o edital de concorrência para a transmissão dos jogos do Campeonato Brasileiro. O edital deve ser apresentado amanhã à direção do C13.

Andrés Sanchez, histórico aliado da CBF, há tempos mostra insatisfação com a parte reservada ao Coritnhians dos direitos de transmissão, uma vez que o clube paulista é um dos que atrai maior audiência em seus jogos. “Eu não sou filiado ao Clube dos 13, negocio com quem eu quiser”, disse o presidente. Sanchez só não especificou como isso poderá acontecer. “Eu ainda não sei como vai ser, mas podemos juntar uns 4 ou 5 clubes para negociar diretamente com a emissora”, concluiu.

Segundo a assessoria de imprensa do C13, juridicamente não existe a figura do licenciamento na agremiação. Para todos os efeitos, o Corinthians continua como um sócio da entidade até anunciar o seu desligamento formal.