Você está aqui: Página Inicial / Cultura / Pode digitar a senha!

Cultura

Crônica do Villas

Pode digitar a senha!

por Alberto Villas publicado 31/05/2012 14h05, última modificação 06/06/2015 18h59
Nesse mundo de hoje duvido que exista uma pessoa que não tenha senha ao menos uma senha

Eu tenho trinta e nove! Acredite! Trinta e nove senhas. Poucas sei de cor, mas todas estão devidamente anotadas num pedacinho de papel e guardadas a sete chaves. Senhas de bancos, de cartões de crédito, das companhias aéreas, de sebos virtuais, da Amazon, do Mercado Livre, do Libération.fr, senhas que não acabam mais.

Você deve estar se perguntando: mas por que não uma só senha? Impossível. Muitas vezes não sou eu que escolho. Agora por exemplo, acabo de renovar a assinatura da revista Geo e eles me enviaram uma nova senha:

BREVILALB736+99416

Vai decorar uma senha dessas! Se eu tivesse apenas uma seguramente saberia de cor e salteado. Nós éramos craques em guardar nomes, sobrenomes, telefones e endereços. Até hoje me pergunto como nunca me esqueci, por exemplo, a ficha completa de amigos de infância. Nilo Octávio Lage Botelho, Rua Rio Verde 619! Há mais de cinquenta anos o nome e sobrenome desse amigo de infância  nunca saiu da minha cabeça. Nem mesmo o endereço.

Nesse mundo de hoje duvido que exista uma pessoa que não tenha senha, ao menos umazinha. Para criar uma existem técnicas. Dizem para nunca escolher a data de nascimento porque a bandidagem é esperta. Documento roubado na mão a primeira coisa que o bandido tenta no caixa 24 horas é a data de nascimento. Pode ser. Mas como ladrões são espertos e tenho certeza que nenhum deles anda tentando tirar dinheiro com a data de nascimento da vítima como senha. Devem pensar assim:

- Ninguém é idiota de colocar a data de nascimento!

Senha é segredo que cada um guarda bem guardado. Tem gente que não revela a senha por nada nesse mundo. Entendo. Algumas são ridículas. Um dia um amigo meu de trabalho foi obrigado a me passar a dele para livrá-lo de um apuro. E passou:

Docinho!

Como aquele homenzarrão de dois metros de altura tinha uma senha tão meiga? Sei que muita gente usa palavrão como senha. Tem gente que usa só palavras em inglês e outros apelidos. Fico aqui pensando que senhas algumas pessoas teriam escolhido.

Será que o Zé Simão tem uma senha macaco?

Será que o João Gilberto tem uma senha opato?

Será que o Hans Donner tem uma senha globeleza?

Com certeza milhares de corintianos devem ter como senha timao. Experimente criar uma conta e colocar timao como senha. A resposta será sempre a mesma: senha já existente! Da mesma maneira milhares de atleticanos devem ter como senha a palavra galo. Imagine como deve ter senha uai em Minas Gerais, tche no Rio Grande do Sul e axe na Bahia...

Uma amiga da minha filha teve uma ideia bem simples. Colocou a palavra eu como senha. Mas uma outra teve uma ideia mais legal ainda. A senha dela é senha. Quando alguém pede para ela digitar a senha ela digita: senha.

Última crônicas de Alberto Villas: