Você está aqui: Página Inicial / Cultura / Passeio pela arte pura

Cultura

Mostra

Passeio pela arte pura

por Orlando Margarido — publicado 05/06/2011 12h37, última modificação 05/06/2011 12h37
CCBB e Cinesesc exibem filmes de Alfred Hitchcock. Entre os 54 longa, os clássicos Janela Indiscreta, O Inquilino, Os Pássaros e Psicose

Em Hitchcock/Truffaut, a longa entrevista concedida pelo primeiro ao colega francês, François Truffaut aborda Janela Indiscreta como o possível desejo do mestre americano de realizar um filme sob um único ponto de vista, o que impõe um desafio. Alfred Hitchcock (1899-1980) concorda e garante que só desta maneira conseguiria fazer um trabalho puramente cinematográfico. E explica: “A primeira parte do filme mostra o homem imóvel que olha para o exterior. A segunda parte mostra o que ele vê. E na terceira e última vemos a reação dele”. Essa, para o inglês, é a expressão pura da ideia de cinema e pode ser estendida a praticamente toda a sua obra.

Basta ver ou rever 54 de seus longas-metragens na retrospectiva em curso até 14 de julho no CCBB carioca e a partir de 15 de junho na unidade paulistana, além do Cinesesc. Iniciativa inédita nessas proporções, a mostra ainda exibe três curtas e 117 episódios da série Alfred Hitchcock Presents, além de curso, masterclass e debates. Janela Indiscreta (1954), claro, está na programação, com James Stewart como o protagonista paralisado numa cadeira de rodas que espiona seus vizinhos e Grace Kelly, deslumbrante, a dedicar-lhe atenção. Mas se este é um sintoma óbvio num ciclo dedicado ao cineasta que os Cahiers du Cinéma elevaram a gênio, nem tanto são O Inquilino (1926), um dos primeiros sucessos, que aqui terá narração e música ao vivo, ou as versões inglesa e alemã de Assassinato, do ano seguinte, realizadas simultaneamente com atores diferentes. Feita essa devida revisão, nada parece superar clássicos como Um Corpo que Cai (1958), Intriga Internacional (1959) ou Os Pássaros (1963), nem quando motivam uma temerosa refilmagem, caso de Psicose (1963), revisitado por Gus van Sant na versão também escalada.

HITCHCOCK
CCBB Rio até 14 de julho
CCBB São Paulo de 15 de junho
a 24 de julho
Cinesesc, São Paulo, de 8 a 17 de julho