Você está aqui: Página Inicial / Cultura / Outra versão para a história

Cultura

Livro

Outra versão para a história

por Redação Carta Capital — publicado 03/01/2013 10h11, última modificação 03/01/2013 10h11
"A Questão da Palestina", de Edward W. Said, é um dos primeiros livros a apresentar a história da criação do Estado de Israel

por Bruno Fiuza

A questão da Palestina
Edward W. Said
Unesp, 301 págs., R$ 39

É lançada no Brasil depois de três décadas uma das mais importantes obras sobre a história contemporânea do Oriente Médio. Publicada originalmente em 1979, A Questão da Palestina, do crítico literário palestino-americano Edward W. Said (1935-2003), foi um dos primeiros livros de um intelectual renomado no Ocidente a apresentar a história da criação do Estado de Israel e do conflito árabe- -israelense sob a perspectiva dos palestinos. Ao fazer isso, Said revela a violência e a desumanização contra seu povo escondidas sob a narrativa da fundação do Estado de Israel. O livro mostra como a criação da pátria judaica, que pôs fim a boa parte da perseguição antissemita na Europa, deu origem a outro drama humano de enormes proporções: a expulsão de milhares de palestinos de sua terra natal.

Segundo Said, em uma atitude típica do colonialismo europeu do século XIX, os judeus sionistas tentaram apagar da história o povo que há séculos vivia na terra onde foi fundado o Estado de Israel, em 1948. E, segundo ele, a operação só não teve sucesso porque, no fim da década de 1960, a Organização para a Libertação da Palestina (OLP) surgiu no cenário internacional como a voz de uma comunidade que até então não tinha qualquer representação. Para Said, esse povo que há mais de 60 anos se esforça para não desaparecer teve o azar de enfrentar como inimigo o povo mais perseguido da história da humanidade.

registrado em: