Você está aqui: Página Inicial / Cultura / "O artista" leva cinco prêmios e é o grande vencedor

Cultura

Oscar 2012

"O artista" leva cinco prêmios e é o grande vencedor

por AFP — publicado 27/02/2012 11h28, última modificação 27/02/2012 11h36
Longa francês é o primeiro de língua estrangeira a ser escolhido como o melhor filme do ano; Brasil perde na melhor canção original para música do filme dos Muppets

HOLLYWOOD (AFP) - O francês "O Artista" confirmou o favoritismo e foi escolhido o melhor filme do ano na cerimônia da 84ª edição do Oscar, que aconteceu na noite deste domingo 26 em Los Angeles.

O francês Michel Hazanavicius também levou o Oscar de melhor diretor e seu filme ainda ganhou por melhor ator, para Jean Dujardin, figurino e trilha sonora original.

O longa-metragem fez história por ser o primeiro de língua estrangeira a vencer o principal prêmio da festa nos 84 anos do Oscar.

A fantasia dirigida por Martin Scorsese, "A Invenção de Hugo Cabret", tinha o maior número de indicações, 11, mas levou apenas cinco prêmios, de melhor fotografia, direção de arte, edição de som, mixagem de som e efeitos especiais.


Já o Oscar de melhor atriz foi para Meryl Streep, por "A Dama de Ferro". O veterano Christopher Plummer levou o prêmio de melhor ator coadjuvante por "Toda forma de amor" e Octavia Spencer foi escolhida a melhor atriz coadjuvante por "Histórias cruzadas".

O filme de Woody Allen, "Meia-noite em Paris", levou o Oscar de melhor roteiro original, enquanto "Os Descendentes", de Alexander Payne, faturou a estatueta de roteiro adaptado.

A canção do filme "Rio", de Sérgio Mendes e Carlinhos Brown, acabou perdendo o Oscar para "Man or Muppet", dos "Os Muppets".

Como as premiações anteriores haviam antecipado, "O Artista" foi considerado o melhor filme de 2011 pela Academia e consagrou a história do auge e da queda de um ator do cinema mudo.

"Sou o diretor mais feliz do mundo neste momento", afirmou Hazanavicius, no agradecimento aos amigos e colegas, em um discurso no qual não deixou de fora Uggie, o cão que roubou a cena no filme. "Não tenho certeza se entendem o que digo, mas obrigado", brincou.

Dujardin conseguiu incluir um palavrão no agradecimento: "Porra, obrigado! Genial!". O ator também rendeu tributo a Douglas Fairbanks e a outros atores que serviram de inspiração.

Em sua 17ª indicação, a americana Meryl Streep, de 62 anos, saiu consagrada da festa com sua terceira estatueta.

"Oh, meu Deus, por favor!", iniciou Streep no discurso. "Tinha esta sensação de que podia ouvir metade do país dizendo 'Oh, não, não ela outra vez'. Mas, seja como for ...", declarou com um sorriso.

O veterano Christopher Plummer foi aplaudido de pé ao receber a estatueta de ator coadjuvante e se tornar, aos 82 anos, o ator mais velho a ganhar o Oscar.

Na categoria de filme estrangeiro, o vencedor foi o iraniano "A Separação", do diretor Asghar Farhadi. Entre os filmes de animação, o vitorioso foi "Rango".

Brasil será o responsável pela logística da operação que vai soltar grupo há mais de dez anos sob custódia da guerrilha