Você está aqui: Página Inicial / Cultura / Escritor italiano Umberto Eco morre aos 84 anos

Cultura

Memória

Escritor italiano Umberto Eco morre aos 84 anos

por Redação — publicado 20/02/2016 11h37
Filósofo e ensaísta italiano, também conhecido pelo best-seller O Nome da Rosa, faleceu em Milão
Nationaal Archief/ Collection Fotopersbureau ANEFO / Fotos Públicas
O escritor Umberto Eco

Retrato do escritor e ensaísta italiano Umberto Eco, em 1984

Morreu, nesta sexta-feira (19), o escritor italiano Umberto Eco, em Milão, aos 84 anos de idade. O falecimento do filósofo, ensaísta e linguista, também conhecido por best-sellers como O Nome da Rosa, foi confirmado por seus familiares à imprensa italiana.

Filho de um contador, Eco nasceu na cidade italiana de Alexandria, em 1932. Diplomou-se em Filosofia em 1954, pela Universidade de Turin. Ao longo da década de 1960, tornou-se referência no campo de estudos da Comunicação, com ensaios acadêmicos como Apocalípticos e Integrados (1964).

Em 1980, tornou-se mundialmente conhecido após a publicação do romance medieval O Nome da Rosa, que vendeu 10 milhões de cópias e foi traduzido para 30 idiomas. A obra foi adaptada seis anos depois para o cinema pelo diretor Jean-Jacques Annaud e foi estrelado pelo ator Sean Connery.  

Um dos intelectuais italianos mais conhecidos, Umberto Eco foi professor de semiótica na Universidade de Bolonha e lecionou nas universidades norte-americanas de Yale, Harvard e Columbia. Atualmente, ocupava a presidência da Escola Superior de Ciências Humanas da Universidade de Bolonha.

Expoente da Semiótica, escreveu mais de 20 ensaios acadêmicos e foi autor de sete ficções.  

Lançado em 2015, seu último livro, O Número Zero, é uma crítica ao jornalismo atual e à superficialidade das novas mídias.   

Eco, que enfrentava um câncer, não teve as causas de sua morte divulgadas pela família.  

(Com informações da Agência Brasil e Deutsche Welle)