Você está aqui: Página Inicial / Cultura / Imigrantes e tradição

Cultura

Cinema

Imigrantes e tradição

por Camila Alam — publicado 10/09/2010 13h02, última modificação 10/09/2010 13h15
5ª Mostra Mundo Árabe de Cinema terá produções libanesas, gregas e francesas

5ª Mostra Mundo Árabe de Cinema terá produções  libanesas, gregas e francesas

Até 29 de setembro, sete salas de cinema da capital paulista recebem a 5ª Mostra Mundo Árabe, que exibe produções dessa temática realizadas  na última década em países como Líbano, Argélia, Grécia e França. São, em sua maioria, longas-metragens que discutem conflitos entre modernidade e tradição ou crônicas sociais. Mas é a temática da imigração que paira sobre a maioria das produções, sobretudo personagens que buscam ou sonham com uma vida diferente na Europa. É o caso do longa Harragas (2009), de Merzak Allouache. No norte da Argélia, refugiados queimam seus documentos para esconder suas origens e tentam, a todo custo, sair do seu país.

Em Capitão da Esperança (2007), de Amin Matalqa, o porteiro de um aeroporto encontra um quepe de capitão e passa a narrar a um grupo de crianças algumas histórias de viagens fictícias, inspiradas em seus próprios desejos. As diferenças sociais e culturais também são temas de algumas produções. Entre elas Duas Senhoras (2007), de Philippe Faucon, que narra o encontro e o nascimento de uma forte amizade entre uma mulçumana e uma judia. Porta da Web (2008), de Merzak Allouache, retrata o encontro entre um garoto viciado em internet que convida pessoas a conhecer a Argélia, até que uma garota francesa aceita seu convite. Cinco documentários completam a programação, que pode ser vista em http://mundoarabe2010.icarabe.org/.