Você está aqui: Página Inicial / Cultura / Mobilizações em defesa do Cine Belas Artes

Cultura

Abaixo-assinado

Mobilizações em defesa do Cine Belas Artes

por Redação Carta Capital — publicado 11/01/2011 14h46, última modificação 11/01/2011 16h29
Além da manifestação que ocorreu nesta segunda-feira, mais duas estão marcadas para os próximos dias

Duas manifestações estão marcadas para os próximos dias
O anúncio do fechamento do cinema de rua mais popular de São Paulo, com 68 anos de existência,  localizado na esquina da rua Consolação com a avenida Paulista fez com que um grupo de cerca de 200 pessoas organizasse uma passeata nesta segunda-feira 10.
Com nariz de palhaço no rosto e cartazes em punho, a manifestação locomoveu-se do atual endereço do cine até o vão livre do Masp (Museu de Arte de São Paulo) onde foram recolhidas assinaturas contra o fechamento do cinema de rua.
O Belas Artes, que quase fechou no ano passado por , fechará desta vez por falta de espaço. O dono do imóvel, Flávio Maluf, pediu ao atual administrador do local, André Sturm, que devolvesse o prédio. O proprietário tem o objetivo de abrir uma loja no local.
Mais dois protestos devem ocorrer nos próximos dias. Um deles está programado para o próximo dia 15, às 17h e contará com o apoio dos funcionários do cinema. O outro, dia 17, deverá ter como destino a casa do proprietário do imóvel, Flávio Maluf.
Organizadas através de redes sociais, as próximas manifestações devem atrair um público ainda maior. Um abaixo-assinado que circula pela rede mundial já conta com mais de 9.200 assinaturas.
Se nada for resolvido, o Cine Belas Artes deve realizar sua última sessão no