Você está aqui: Página Inicial / Cultura / Evento em São Paulo homenageia centenário de Lélia Abramo

Cultura

Tributo

Evento em São Paulo homenageia centenário de Lélia Abramo

por Rede Brasil Atual — publicado 05/02/2011 16h26, última modificação 09/02/2011 09h07
A programação inclui a apresentação do Coral Martin Luther King; a exibição de vídeo com imagens da atriz; a apresentação teatral do Núcleo 1984, depoimento de amigos, familiares

Por Guilherme Bryan*

Um dos mais importantes nomes das artes cênicas brasileiras, a atriz Lélia Abramo completaria 100 anos nesta terça-feira 8. Para prestar uma justa homenagem, a Funarte, com apoio da Fundação Perseu Abramo, promove um ato de comemoração no Teatro de Arena Eugênio Kusnet, em São Paulo (veja horário abaixo). Foi na capital paulista que a atriz nasceu e morreu, em 9 de abril de 2004.

A programação inclui a apresentação da música “Bella Ciao”, pelo Coral Martin Luther King; a exibição de um vídeo com imagens selecionadas da atriz; a apresentação de fragmento da peça “Rosa Vermelha” pelo Núcleo 1984, e depoimento de amigos, familiares e importantes nomes da cultura brasileira, como a ministra da Cultura, Ana de Hollanda; os atores Sergio Mamberti e Antonio Grassi, e o diretor Zé Renato.

A atriz estreou nos palcos em 1958, quando atuou em “Eles Não Usam Black-Tie”, de Gianfrancesco Guarnieri. A partir de então, participou de 23 espetáculos teatrais, incluindo montagens de clássicos como “Lisístrata”, de Aristófanes”; “Agamenon”, de Ésquilo; e “Romeu e Julieta” e “Ricardo III”, de William Shakespeare. Na televisão, estrelou 27 novelas, fazendo sucesso com personagens como Januária Brandão, de “Pai Herói” (1979); Mama Vitória, de “Pão Pão Beijo Beijo” (1983); e Bibianna, da minissérie “O Tempo e o Vento” (1985), baseada na saga escrita por Érico Veríssimo.

Lélia Abramo ficou conhecida também por sua intensa militância política. Uma das fundadoras do Partido dos Trabalhadores (PT), assumiu a presidência do Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões do Estado de São Paulo, a partir de 1978. Ela pertencia à primeira chapa de oposição a ser vitoriosa no período iniciado pela ditadura militar brasileira de 1964 e foi praticamente ignorada pela TV Globo.

Centenário de Lélia Abramo
8 de fevereiro de 2011, a partir das 19h.
Teatro de Arena Eugênio Kusnet
Rua Dr. Teodoro Baima, 94. República. São Paulo/SP.
T: (11) 3256-9463

*Publicado originalmente na Rede Brasil Atual