Você está aqui: Página Inicial / Cultura / Continuidad

Cultura

Blogs do Além

Continuidad

por Vitor Knijnik — publicado 08/07/2012 08h58, última modificação 08/07/2012 10h22
Blog do Stroessner: a história recente do Paraguai é marcada por golpes e contragolpes. É por isso que Stroessner gosta tanto de MMA
blogpost

Blog do Stroessner, o Lance Armstrong do Paraguai

Lugo chamou seu afastamento de Golpe 2.0. Eu ficou orgulhoso de meu Paraguai. Estamos sintonizados com a era digital. O próximo passo é patentear o invento: caixa automático de impeachment 30 horas. Já vejo-me palestrando no TED.

Nossa alma é inovadora. Praticamos o crowdsourcing muito antes da Internet, criando versões locais para produtos de marcas famosas.

Aos que viram ameaça à democracia na deposição de Lugo, quero dizer que Frederico Franco, o novo presidente, tem a Constitución ao seu lado. Constituición trabalha na casa de Franco desde que ele era menino.

Ao invés de criticar, o Brasil deveria inspirar-se na velocidade de julgamento de nosso parlamento. Isso evitaria os discursos diários de Demóstenes Torres no plenário do Senado.

A verdade seja dita: a história recente do Paraguai é marcada por golpes e contragolpes. É por isso que gosto tanto de MMA.

A matança de Curuguaty foi o estopim para a retirada de Lugo do poder. Não fosse por este triste episódio, ele cairia por outros motivos, como torcer pelo Guaraní ou por estar grisalho.

 

Pessoalmente, não tenho nada contra o ex-bispo. Ele ajudou a repor um pouco da população que perdemos durante a Guerra do Paraguai e pela minha passagem pela Presidência.

Depois que divulgaram o vídeo em que o chanceler venezuelano, Nicolás Maduro, aparece em um encontro com altos militares paraguaios, conspirando para tentar evitar o afastamento de Lugo, declaramos o embaixador de Caracas “persona non grata” e pedimos a sua saída imediata do país. Se tem algo que não se admite no Paraguai é imitação.

Eu, ao contrário do que você imagina, não o expulsaria. Sou hospitaleiro, acolhi com alegria até o Mengele.

Enfim, o Paraguai tem muito que comemorar com saída de Lugo. Já ordenei que acelerem a produção nacional de champanhe francesa e whisky escocês 12 anos, com urgência.

 

Leia mais em Blogs do Além.