Você está aqui: Página Inicial / Cultura / Colesterol escandaloso

Cultura

Blogs do Além

Colesterol escandaloso

por Vitor Knijnik — publicado 16/02/2011 10h10, última modificação 16/02/2011 10h17
Após a morte de sua parceira Maria Schneider, Marlon Brando cria um blog para relembrar as censuras que o filme “O último tango em Paris” sofreu. Por Vitor Knijnik

Após a morte de sua parceira Maria Schneider, Marlon Brando cria um blog para relembrar as censuras que o filme “O último tango em Paris” sofreu

A estrela de Hollywood Marlon Brando que partiu há sete anos, dá as caras em Blogs do Além depois de ficar incomodado com seu nome comentado nos jornais e revistas, na semana passada. É que sua eterna parceira em “O último tango em Paris”, Maria Schneider morreu. Ela ficou marcada por esse filme ao lado de Marlon Brando após uma cena de sexo em que usava manteiga como lubrificante. “Cena essa que, curiosamente, nem estava no roteiro, foi algo que improvisei”, comenta no post.

O morto aproveita o ensejo para relembrar as censuras que o filme sofreu ao longo e seus lançamentos espaçados ao redor do mundo. Na Itália, por exemplo, foi lançado em 1972, mas chegou às telas italianas em 1975. No Brasil, por causa da ditadura, só foi exibido em 1979. No Chile, Pinochet proibiu por 30 anos. “Ele queria o monopólio da sacanagem”, diz o ator no blog.

Leia mais em http://www.blogsdoalem.com.br/marlon