Você está aqui: Página Inicial / Cultura / Caso Battisti leva escritor italiano a cancelar participação na Flip

Cultura

Protesto

Caso Battisti leva escritor italiano a cancelar participação na Flip

por Redação Carta Capital — publicado 28/06/2011 18h06, última modificação 28/06/2011 18h06
A nova mesa 8 da Flip, chamada “Ficções da crônica”, contará com a presença de Ignácio Loyola Brandão e Contardo Calligaris

A organização da Flip, a feira literária internacional de Paraty (RJ), informou nesta terça-feira 28 que o escritor italiano Antonio Tabucchi, autor de Notturno Indiano, cancelou sua participação no evento. A razão da desistência, segundo nota divulgada pela organização, foi a decisão da Justiça brasileira de liberar o terrorista Cesare Battisti da prisão.

Battisti é acusado de matar quatro pessoas durante os anos 1970 e foi condenado á revelia pela Justiça italiana. Fugitivo, foi preso no Brasil em 2007, e desde então se tornou pivô de uma crise diplomática entre Roma e Brasília.

No ano passado, em seu último ato como presidente, Luiz Inácio Lula da Silva decidiu não cumprir um acordo de extradição entre os dois países, alegando Battisti deveria permanecer no País por questão de segurança. O italiano seguiu detido até que o Supremo Tribunal Federal validou a decisão do Executivo, libertando o terrorista em seguida.

Especialista em Fernando Pessoa, Tabucchi é professor de Língua e Literatura Portuguesas na Universidade de Siena.  

A nova mesa 8 da Flip, chamada “Ficções da crônica”, contará com a presença de Ignácio Loyola Brandão e Contardo Calligaris. A feira terá início na quarta-feira 6 de julho e vai até domingo, dia 10.