Você está aqui: Página Inicial / Cultura / Barroco de festival

Cultura

CD

Barroco de festival

por Luis Krausz — publicado 07/04/2011 16h30, última modificação 07/04/2011 15h49
O CD "Stabat Mater - A Tribute to Pergolesi", é destinado a comemorar os 300 anos de nascimento desse compositor do barroco italiano, trata-se de um registro inesperado

Lançado simultaneamente na Europa, nos Estados Unidos e no Japão, este Stabat Mater de Giovanni Battista Pergolesi (1710-1736), com a soprano Anna Netrebko e a mezzo Marianna Pizzolato, ao lado da Orquestra da Academia Nacional de Santa Cecília regida por Antonio Pappano, resulta de uma gravação ao vivo realizada no ano passado, no Festival de Música de Baden-Baden. Destinado a comemorar os 300 anos de nascimento desse compositor do barroco italiano, trata-se de um registro inesperado.

Anna Netrebko, considerada pela revista alemã Stern “a fada do bom humor na ópera”, e talvez a mais brilhante de todas as sopranos da atualidade, tem um temperamento incandescente que combina bem com Carmen, Manon Lescaut ou Ana Bolena. Sua natureza impõe a essa cantata um caráter melodramático, que na verdade está bem distante da sensibilidade e da técnica musicais barrocas – e também da atmosfera solene, introspectiva e piedosa desta obra criada pelo Angelico maestro sobre um texto medieval que narra, em latim, os sofrimentos de Jesus.

O timbre opulento e a técnica virtuosística de Anna Netrebko, perfeitos para o repertório do século XIX, chocam-se com os ideais de simplicidade dessas partituras, que apoiam a mensagem espiritual do texto e lhe emprestam um caráter espetacular, sem dúvida sedutor e adequado a um festival. Mas o espírito dessa peça é outro. Mais afinidade com o temperamento de Anna Netrebko tem duas árias da cantata profana Orfeu ou Nel Chiuso Centro, também de Pergolesi, concebidos para castrati e incluídas neste CD, e as árias de Questo É Il Piano, interpretadas por Marianna Pizzolato. – LUIS KRAUSZ

STABAT MATER – A TRIBUTE TO PERGOLESI
Anna Netrebko
e Marianna Pizzolato
Deutsche Grammophon/Universal