Você está aqui: Página Inicial / Blogs do Além / Nova York, Nova York

Blogs do Além

Blog do Sinatra

Nova York, Nova York

por Vitor Knijnik — publicado 03/07/2012 10h11, última modificação 03/07/2012 10h18
Em 1980, 170 mil pessoas foram me assistir no Maracanã. Se eu quisesse superar esse recorde de público brasileiro, faria um show na Times Square
Sinatra

Blog do Sinatra

Ao contrário da crença popular, New York, New York não tocou na festa de casamento de Adão e Eva. A canção é recente e não foi composta por mim, mas consagrou-se através de minhas cordas vocais. John Kander e Fred Ebba a escreveram em 1977 para ser o tema do personagem de Liza Minnelli no musical New York, New York, de Martin Scorsese. Eu a gravei só em 1979. De lá pra cá, a Big Apple mudou muito.

A cidade com seus teatros, espetáculos, museus, bares, restaurantes e galerias era o sonho de consumo de todos que ansiavam por respirar o mais cosmopolita dos ares. Hoje, de sonho de consumo Nova York tornou-se o consumo dos sonhos.

As atrações seguem todas lá, mas já não fascinam tanto os turistas. Os milhões de viajantes que chegam a Manhattan e arredores estão interessados apenas em percorrer as lojas. Entre os grupos que mais compram na Grande Maçã estão os brasileiros.

Em janeiro de 1980, 170 mil pessoas foram me assistir no Maracanã. Se eu quisesse superar esse recorde de público brasileiro, faria um show na Times Square ou na Macy's durante as férias de julho. Conto tudo isso para obter a permissão de vocês para apresentar uma nova versão de New York, New York. Os ajustes foram pequenos. A letra ganhou alguns toques de português e assim se aproximou um pouco da mistura das línguas que mais se escutam hoje na Quinta Avenida. Sobe o som, maestro. Tan tan, tãriran...tan tan tãriran... tan tan tãriran...

Start spreading the news
I'm leaving today
Tô indo com duas malas praí
New York, New York

These vagabond shoes
Comprei da outra vez
Lá para os lados da Canal Street
New York, New York

I wanna wake up in an outlet
That doesn't close
E que tenha um Burger King
Top de tão cheap

These little casaco blues
Vai me fazer derreter
Acho que vou levar também o split
In old New York

O que eu compro there
Não compro em anywhere
Por isso sempre levo two
New York, New York
New York, New York

I want to wake up
In an outlet that never close
And find de A a Z, toda minha list
King of the hill, a number one

O enxoval todo blues
Nem tenho bebê
Na volta vou ter de providenciar it
Fora de New York

And... if I gastar tudo there
Eu ligo pro cartão de crédito
It's up to you
New York, New York

 

Leia mais textos no Blogs do Além.