Você está aqui: Página Inicial / Blogs do Além / Blog do Eastman: Entrou pixel no meu rolo

Blogs do Além

Blogs do Além

Blog do Eastman: Entrou pixel no meu rolo

por Vitor Knijnik — publicado 01/02/2012 11h06, última modificação 01/02/2012 11h06
O fundador da Kodak fala sobre a falência de sua empresa e sobre o que se perderá na era digital
eastman

O fundador da Kodak fala sobre a falência de sua empresa e sobre o que se perderá na era digital

Pois é, a Kodak, empresa fundada por mim, faliu. Era uma morte anunciada. Mas a concretização do fato serviu para simbolizar o fim de uma era e para espalhar pela imprensa uma profusão de frases de autoajuda empresarial do tipo “é preciso não se acomodar e apostar sempre na inovação”. Não sem razão. A câmera digital, um dos algozes do filme, foi inventada pela Kodak, mas naquela época a maioria dos lucros vinha da venda de produtos químicos utilizados nos filmes e os espertos executivos que estavam no comando ficaram com medo de atentar contra o próprio patrimônio.

Juntamente com as películas vai embora também uma série de vocábulos e expressões. Queimar o filme, bem na fita, tenho seu negativo, por exemplo, não farão sentido para as novas gerações. Letras de música terão de ser revistas para continuarem a ser apreciadas. O clássico da bossa nova, Desafinado, entre outros, terá de modificar seu mais conhecido verso para:

Fotografei você no meu smartphone

Instagrou-se sua enorme ingratidão

*Leia conteúdo completo em Blogs do Além

registrado em: