Você está aqui: Página Inicial / Blogs / Midiático / "Aécio Boladasso" é lançado no Facebook, no Twitter e em... O Globo

Política

Eleições 2014

"Aécio Boladasso" é lançado no Facebook, no Twitter e em... O Globo

Inspirado em "Dilma Bolada", surge "Aécio Boladasso" no Facebook e no twitter na tarde desta quinta-feira. Pouco depois foi noticiado em O Globo, quando tinha apenas um único "fã"
por Lino Bocchini — publicado 31/10/2013 21h53, última modificação 01/11/2013 14h42
aecio boladasso.jpg

Imagem do post original de O Globo comprova que o jornal noticiou a página assim que ela foi criada, quando havia apenas um único fã. Após repercussão, jornal primeiro mudou o corte da foto, escondendo o número 1. Depois tirou a reportagem toda do ar

"Sou lindo, sou tucano, sou futuro presidente dessa nação por um Brasil melhor". Esta é a apresentação da página "Aécio Boladasso", que segundo os registros da rede social surgiu nesta quinta-feira às 13h30. No twitter, apareceu pouco depois, por volta de 14h30.

Menos de quatro horas depois, às 18h23, o site de O Globo destacou em sua home uma reportagem completa sobre a novidade, com declarações de Jefferson Monteiro, criador da Dilma Bolada. O próprio printscreen (reprodução de tela) que acompanhava a reportagem original do jornal comprova que, quando O Globo fez o texto, apenas uma única pessoa havia curtido o perfil --veja nesta página.

Quando este texto estava sendo concluído, às 21h50, eram 724 fãs no Facebook e 127 no twitter. O perfil oficial do senador mineiro e pré-candidato do PSDB à presidência tem 26 mil seguidores, mas nunca foi usado. A página oficial de Aécio no Facebook é "curtida" por 190 mil pessoas.

Dilma Bolada tem 162 mil seguidores no twitter e 553 mil no Facebook. A presidenta Dilma Roussef, que recentemente voltou às redes sociais, tem mais de 2 milhões de seguidores no twitter e 91 mil no Facebook.

 

Atualização: O Globo mudou o corte original da imagem que ilustra sua reportagem. O novo corte oculta o contador de fãs.

Atualização 2: Na manhã desta sexta-feira, O Globo tirou a "reportagem" do ar.