Você está aqui: Página Inicial / Blogs / Carta nas Eleições / Oliver Stone declara apoio à Dilma Roussef

Política

Eleições 2014

Oliver Stone declara apoio à Dilma Roussef

por Redação — publicado 25/10/2014 23h22, última modificação 25/10/2014 23h24
O diretor postou a seguinte manifestação em seu twitter: “Brasil, não se esqueça de votar na presidente Dilma Roussef nesse domingo, 26 de outubro! Não volte ao passado!”
Reprodução

Neste sábado 25 o cineasta americano Oliver Stone declarou, através da sua conta no twitter, apoio à reeleição da candidata Dilma Roussef. “Brasil, não se esqueça de votar na presidente Dilma Roussef nesse domingo, 26 de outubro! Não volte ao passado!” O cineasta, que ganhou dois Oscar de melhor diretor com Platton e Nascido em 4 de julho, dirigiu também JFK, Assassinos por Natureza, Alexandre, o Grande, entre outros. Em 2009, Stone lançou o documentário Ao Sul da Fronteira, no qual percorreu 6 países da América Latina para tentar compreender o fenômeno que os levou a ter governos de esquerda no início dos anos 2000, entrevistando: Evo Morales (Bolívia), Hugo Chavez (Venezuela), Luis Inácio Lula da Silva (Brasil), Cristina Kirchner (Argentina), Fernando Lugo (Paraguai) e Rafael Correa (Equador).

Outras personalidades internacionais também manifestaram-se nessas eleições. Tom Morello, guitarrista do grupo Rage Against the Machine, disse no twitter que “Após fazer uma boa pesquisa, eu estou com os camaradas do MST no apoio a Dilma na eleição brasileira para parar a ofensiva da direita”. Tom tem uma tradição de apoio a movimentos sociais. Já o ator Danny Glover disse que o "Brasil é o maior país do mundo no combate à pobreza e, nos últimos 12 anos, deu um exemplo à humanidade". E depois usou a hashtag #dilma13.

Um apoiador de Aécio Neves, dono de uma empresa de marketing e agenciamento de celebridades, numa tentativa de ajudar seu candidato, articulou apoio via twitter da atriz Lindsay Lohan, que chegou a publicar uma mensagem de apoio ao tucano mas acabou retirando poucas horas depois. A modelo Naomi Campbell também apoiou Aécio através do twitter. “Aécio Neves para presidente, vai Brasil!”.

No primeiro turno o ator Mark Rufallo chegou a apoiar Marina Silva, mas voltou atrás após descobrir que a candidata era contra o casamento gay.

 

Abaixo, o tweet de Oliver Stone: