Você está aqui: Página Inicial / Blogs / Carta nas Eleições / Lula confirma Dilma como candidata do PT

Política

Planalto

Lula confirma Dilma como candidata do PT

por Redação — publicado 02/05/2014 22h47, última modificação 02/05/2014 22h57
O ex-presidente voltou a afirmar apoio dias depois de o PR iniciar campanha "Volta, Lula"

Como já havia feito no início de abril, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva reafirmou nesta sexta-feira 2, em São Paulo, que a candidata do PT ao Palácio do Planalto é a atual presidenta da República, Dilma Rousseff.

A fala de Lula, que foi secundada pelo presidente do PT, Rui Falcão, ocorre dias depois de a bancada do PR, um dos partidos da base aliada ao governo, lançar o movimento "Volta, Lula" já para as eleições de 2014. A campanha do PR fez Dilma afirmar que lançará seu nome com ou sem o apoio da base aliada.

Nesta sexta, durante o 14º encontro do PT, o nome de Dilma foi referendado por representantes de outras siglas da base, como o PMDB, o PTB, o PP e o PCdoB. Renato Rabelo, presidente dos comunistas, fez o discurso mais inflamado e equiparou ataques ao PT a ataques a toda a esquerda. Rui Falcão, por sua vez, disse que é hora de o PT confirmar Dilma como candidata ao Planalto. "Daqui até lá [as eleições] não há tarefa mais importante do que obter, nas urnas, um segundo mandato para a companheira Dilma".

Lula foi o penúltimo a falar, antes de Dilma. Ele fez um discurso recheado de críticas à imprensa e às elites brasileiras e disse estar pronto para apoiar Dilma, segundo ele a única candidata a presidente naquele encontro. "Estarei mais dedicado nesta campanha do que estive em 2002 e 2006", afirmou Lula. "Então, Dilminha, se você me permite, é só preparar a agenda que o Lulinha estará com você", concluiu.