Você está aqui: Página Inicial / Blogs / Carta nas Eleições / Eleito senador, Romário apoia Aécio

Política

Eleições 2014

Eleito senador, Romário apoia Aécio

por Redação — publicado 23/10/2014 15h33, última modificação 23/10/2014 17h22
A expectativa do PSDB é que o apoio ajude a candidatura tucana no acirrado cenário eleitoral do Rio de Janeiro
Reprodução
Romário

Romário gravou vídeo para apoiar o candidato do PSDB ao Planalto

O deputado federal Romário (PSB-RJ), eleito senador no domingo 5, gravou um vídeo (assista abaixo) de apoio a Aécio Neves (PSDB) para a disputa presidencial.

Em sua curta fala, Romário apela para o discurso da mudança, que Aécio buscou adotar após a saída de Marina Silva no primeiro turno das eleições. "O Brasil tem dois caminhos. Continuar com esse governo ou mudar com Aécio", diz Romário. "Eu escolhi a mudança, porque do jeito que está não pode continuar. A mudança é agora, é Aécio, Brasil!", afirma.

Romário chegou ao Congresso sob muita desconfiança, mas sua atuação firme na cobrança sobre os desmandos da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e também nos gastos da Copa do Mundo lhe renderam muitos elogios. No domingo 5, Romário teve 4,6 milhões de votos para o Senado, mais de um terço dos 12,1 milhões de eleitores do Rio.

A expectativa da campanha tucana é que o apoio do ex-jogador da seleção brasileira possa ajudar Aécio no acirrado cenário eleitoral do Rio de Janeiro, o terceiro maior colégio eleitoral do País. Uma pesquisa Ibope divulgada na segunda-feira 20 mostrou que Dilma estaria com 56% dos votos válidos, contra 44% do tucano.

No primeiro turno das eleições presidenciais, Dilma venceu com 36% dos votos válidos, contra 31% de Marina e 27% de Aécio. No Rio, Dilma é favorecida pelo fato de ter mais palanques. Em um cenário insólito, os quatro principais candidatos ao governo do estado apoiaram a petista no primeiro turno. No segundo turno, tanto Luiz Fernando Pezão (PMDB) quanto Marcelo Crivella (PRB) estão ao lado de Dilma.