Você está aqui: Página Inicial / Blogs / Carta nas Eleições / Datafolha: Cassado, Arruda continua como favorito em disputa no DF

Política

Pesquisa eleitoral

Datafolha: Cassado, Arruda continua como favorito em disputa no DF

por Redação — publicado 15/08/2014 16h35, última modificação 15/08/2014 16h49
Em Pernambuco, Armando Monteiro Neto (PTB) está na frente. No Paraná Beto Richa (PSDB) tem 39% das intenções de voto, o mesmo percentual de Ana Amélia Lemos (PT) no Rio Grande do Sul
Elza Fiúza/ABr
José Roberto Arruda

José Roberto Arruda foi condenado por improbidade administrativa e é acusado de liderar um esquema de compra de apoio político

Mesmo após ter o registro de sua candidatura cassado pela Justiça Eleitoral, o candidato do PR ao governo do Distrito Federal, José Roberto Arruda, segue sendo o favorito para vencer as eleições em outubro. Pesquisa do Instituto Datafolha, divulgada nesta sexta-feira 15, mostra que o ex-governador tem 35% das intenções de voto.

Já o atual governador, Agnelo Queiroz (PT), tem 19% e Rodrigo Rollemberg (PSB) tem 13%. Os outros candidatos registrados no Tribunal Superior Eleitoral somam 11%. Brancos e nulos são 12% e indecisos, 10%. A margem de erro da pesquisa é de quatro pontos percentuais, o que coloca Queiroz e Rollemberg em empate técnico. Foram ouvidos 736 eleitores, entre terça 12 e quarta-feira 13.

Em Pernambuco, o cenário é favorável ao senador e candidato do PTB ao governo do estado, Armando Monteiro Neto, que tem 47% da preferência do eleitorado e seria eleito no primeiro turno, caso as eleições fossem hoje. Em segundo lugar está Paulo Câmara (PSB), candidato indicado pelo ex-governador Eduardo Campos, morto em um acidente aéreo na quarta-feira 13. De acordo com o Datafolha, ele tem 13%. Os outros quatro candidatos somam 5% dos votos: Zé Gomes (PSOL), Jair Pedro (PSTU), Pantaleão (PCO) e Miguel Anacleto (PCB). O instituto ouviu 1198 eleitores no estado, nos dias 12 e 13.

No Paraná, o atual governador Beto Richa (PSDB) e o ex-governador Roberto Requião (PMDB) disputam a liderança. O tucano tem 39% e o peemedebista alcança 33%. Como a margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos, eles estão tecnicamente empatados. Em terceiro lugar está a candidata do PT, Gleisi Hoffmann, com 11%. Bernardo Piloto (PSOL) e Ogier Buchi (PRP) têm 1% cada. Já Túlio Bandeira (PTC), Geonísio Marinho (PRTB) e Rodrigo Tomazini (PSTU) têm menos de 1%. Os entrevistados que se colocaram como indecisos são 11%. Brancos e nulos representam outros 5%. O levantamento também foi realizado entre os dias 12 e 13 com pessoas de 46 cidades do estado.

No Rio Grande do Sul, a senadora e candidata do PP ao governo do estado, Ana Amélia Lemos, está na frente com 39% das intenções de voto. O segundo colocado é o candidato à reeleição e atual governador Tarso Genro (PT), que alcança 30%. A disputa ainda conta com José Ivo Sartori (PMDB), com 7%, Vieira da Cunha (PDT), que tem 3%, além de Roberto Robaina (PSOL) e José Carlos Rodrigues (PMN), que estão com 1% cada. De acordo com o Datafolha, brancos e nulos representam 6% dos entrevistados. Não souberam responder ou não opinaram 14% dos eleitores ouvidos.

A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos. O levantamento ouviu 1223 pessoas e está registrado sob o número RS-00009/2014 no TSE.