Você está aqui: Página Inicial / Blogs / Carta nas Eleições / Confira o resultado do Datafolha para SP, RJ, MG, DF, PE, PR e RS

Política

Eleições 2014

Confira o resultado do Datafolha para SP, RJ, MG, DF, PE, PR e RS

por Redação — publicado 10/09/2014 22h09, última modificação 10/09/2014 22h14
Pesquisa aponta novo empate no RJ, uma virada em PE e a disparada de um dos candidatos no PR
Divulgação
Candidatos ao governo do RJ, PR e SP

Pezão (esq) cresce no Rio, Beto Richa dispara no Paraná e Alckmin (dir.) mantém vantagem em São Paulo

O Instituto Datafolha divulgou, nesta quarta-feira 10, os resultados das pesquisas de intenção de voto sobre as disputas aos governos de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Distrito Federal, Pernambuco , Paraná e Rio Grande do Sul, entre outros. O cenário continua parecido em relação a levantamentos anteriores em São Paulo, Minas Gerais, Distrito Federal e Rio Grande do Sul. As novidades são o empate no Rio de Janeiro, uma virada em Pernambuco e a disparada de um dos candidatos no Paraná. Veja abaixo como está a corrida em cada uma desses estados:

No Rio, o candidato do PMDB, Luiz Fernando Pezão, cresceu dois pontos percentuais e empatou com o candidato do PR, Anthony Garotinho, que caiu três pontos desde o levantamento anterior. Com isso, ambos têm 25% da preferência do eleitorado. Na sequência aparecem o candidato do PRB, Marcelo Crivella, que subiu um ponto e tem 19%, e o candidato do PT, Lindberg Farias, que passou de 11% para 12%. A pesquisa do Datafolha foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal "Folha de S.Paulo" e realizada entre os dias 8 e 9 de setembro com 1.348  eleitores em 32 cidades do Estado do Rio.

Em Pernambuco, o candidato do PSB, Paulo Câmara, ultrapassou numericamente seu principal adversário e candidato do PTB, Armando Monteiro. Câmara subiu de 36%, no último levantamento, para 39% agora, enquanto que Monteiro caiu de 36% para 33%. Como a margem de erro é de três pontos percentuais, eles estão empatados tecnicamente. Além deles, os candidatos Zé Gomes e Miguel Anacleto (PCB) têm 1% cada. Realizada entre os dias 8 e 9 de setembro, a pesquisa contou com entrevistas de 1.211 entrevistas em 43 municípios.

No Paraná, o atual governador e candidato à reeleição, Beto Richa, cresceu cinco pontos percentuais e se consolidou na liderança com 44% das intenções de voto. O segundo colocado é o candidato do PMDB, Roberto Requião, que caiu de 33% para 28%. Em terceiro lugar está a candidata do PT, Gleisi Hoffmann (PT), que perdeu um ponto percentual e está com 10% da preferência. A pesquisa foi realizada entre os dias 8 e 9 de setembro. Foram entrevistados 1.201 eleitores em 46 municípios do estado. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos

Em São Paulo, o governador e candidato à reeleição, Geraldo Alckmin (PSDB), caiu quatro pontos e está com 49% das intenções de voto, mas ainda pode vencer a disputa no primeiro turno. Em seguida está o candidato do PMDB, Paulo Skaf, com 22%, e Alexandre Padilha (PT), com 9%. O levantamento foi realizado nos dias 8 e 9 de setembro. Foram entrevistados 2.046 eleitores em 56 municípios do estado.  A margem de erro é de dois pontos percentuais.

Em Minas Gerais, o candidato do PT, Fernando Pimentel, subiu dois pontos percentuais e tem 34% da preferência. Já o candidato do PSDB, Pimenta da Veiga, oscilou um ponto para baixo e tem 23%. Em terceiro lugar parece o candidato do PSB, Tarcísio Delgado, com 3%. A pesquisa foi realizada entre os dias 8 e 9 de setembro. Foram entrevistados 1.295 eleitores. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos.

No Distrito Federal, mesmo diante da possibilidade de ter a candidatura impugnada, o ex-governador José Roberto Arruda (PR) lidera a pesquisa com 37%. Desde o último levantamento, Arruda cresceu três pontos percentuais. Ele é seguido pelo candidato do PT, Agnelo Queiroz, que tem 19%, e pelo candidato do PSB, Rodrigo Rollemberg, com 18%. Além deles, Toninho do PSOL (PSOL) e Luiz Pitiman (PSDB) têm 4% cada. Realizada nos dias 8 e 9 de setembro, a pesquisa entrevistou 765 eleitores em todo o Distrito Federal. A margem de erro é de quatro pontos percentuais, para mais ou para menos.

No Rio Grande do Sul, a candidata do PP, Ana Amélia, caiu de 39% para 37%, mas seu principal adversário também sofreu uma queda. O atual governador e candidato à reeleição, Tarso Genro (PT), passou de 31% para 28%. Em terceiro lugar está o candidato do PMDB, José Ivo Sartori, com 11%. A pesquisa foi realizada nos dias 8 e 9 de setembro. Foram entrevistados 1.258 eleitores em 48 municípios do estado. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos.