Você está aqui: Página Inicial / Blogs / Blog do Marcio Alemão / Gim, goiaba, língua e vinho

Cultura

Gim, goiaba, língua e vinho

por Marcio Alemão publicado 17/02/2014 12h54, última modificação 17/02/2014 12h54

Agora, nesse exato momento, 11h50, decidi ver o que aconteceria se eu acrescentasse ao suco de goiaba Maguary, um pouco de gim.

Aconteceu que o final da minha manhã melhorou muito.

Comecei a crer que terei um lindo dia e comecei a pensar que todas frutas do Brasil precisariam conhecer o gim.

Anota: suco de goiaba, tres partes. Água, duas partes. Gim - vai de gosto e coragem. Eu coloquei uma parte (mentira, foram duas).

Em uma hora vou comer uma língua com cebolas roxas, pimentão assado e azeitonas pretas. A língua foi cozida na pressão com um pouco de vinho tinto e um caldo de vegetais. Cubo serve. Fatiada e posta nesse refogado preguiçoso de cebolas roxas e pimentões. Um pouco mais de vinho, uma rodada de pimenta, sal do himalaya  ( se tiver do Agulhas Negras, serve. sal é tudo igual, acredite) e fogo baixo. As fatias de língua acabam de se juntar ao todo perfumado.

O Black gosta de língua. Não mais que cabrito, que continua sendo sua carne favorita. Black não tem raça definida mas tem bom paladar.